All posts filed under: Saúde

Mais minimalismo, menos caos

Nem imaginam a paz que foi reduzir as minhas rotinas diárias para um terço. E quando chega a altura de deitar fora uma embalagem de cosmética vazia? Deitá-la fora sabendo que nunca mais vou ter comprar uma igual só porque sim. Reduzi a minha maquiagem a um terço e estou feliz, fico preparada mais depressa, gasto menos dinheiro e o engraçado é que ninguém repara. Não se iludam, eu continuo a ser vaidosa, eu adoro cuidar de mim, a diferença é que agora o gosto voltou e deixou de ser uma imposição social. A diferença é que sinto-me mais leve agora e deixei de pensar que tudo o que eu puder fazer para ficar bonita é necessário, até aquilo que eu fazia todos os dias e que no entanto não fazia qualquer diferença eu continuava a fazer, como se a indústria é que tivesse sempre razão, a indústria para além de nos impingir 30 mil coisas diferentes ainda nos quer impingir coisas caras e com um custo beneficio bastante injusto para o consumidor. Uma youtuber …

Esfoliantes

Oh meu Deus, este foi o meu auxiliar de beleza e autoconfiança nos tempos mais difíceis, e o mais engraçado é que nem precisa de ser caro. Cá entre nós, sem ser de pró para humanidade leiga porque para leiga já basto eu fora o facto de ouvir muito bem o que a minha pele pede, os exfoliantes caíram do céu para ajudar quem não tem uma pele assim tãaao perfeita… Ou seja? Todas nós? Desde deixar a pele mais uniforme, ou seja, remover aquelas pequenas borbulhas pelas costas e pelo peito, ajudar a remover pelos encravados até ao culminar de uma pele extra suave e brilhante! É vestir a roupa e sentir que têm a pele tão macia que até o toque do tecido na pele é diferente, acreditam? Ficam por aqui umas sugestões dos meus favoritos!

Gastronomia tuga

Toda a gente nos fala do tabaco, não fumes dizem, faz mal, ataca os pulmões, provoca cancro, e dizem-no enquanto á socapa esgueiram-se para fumar mais um cigarro, enquanto isso o nosso grupo de “amigos” na escola nos apelida de mariquinhas por não termos coragem de queimar os nossos pulmões, fumar dá estilo pensam, as rugas á volta da boca, as manchas na pele e os dentes apodrecidos também devem dar pinta… Depois vem o álcool, ainda lembro-me de uma gorduchinha sem autoestima nenhuma e que pregava coragem a fazer coisas estupidas só para chamar a atenção dos outros, especialmente dos rapazes, eu tinha uns 17 anos e ela decidiu focar-se em mim, por não ter mais nada que fazer provavelmente, abanei a cabeça quando insistiu pela milésima vez que eu tinha que beber, como se o meu fígado e o dela fossem gémeos, como não lhe dei atenção olhou-me de soslaio a noite inteira, acabou a noite quase em coma alcoólico com meia escola a gozar com ela e a atirar-se ao rapaz que …

Descartei a minha nutricionista

Tenho imenso respeito por profissionais de nutrição, até porque não deve ser fácil, vivemos num portugalzinho onde todo o tuga acha que sabe comer mas tem uma barriga daqui á lua e no mínimo colesterol, hipertensão e flacidez aqui e acolá, mas está tudo certo, o tuga acha que tudo isso é normal e que são coisas da idade. São sempre coisas da idade dizem eles, tenhas 20, 30, 40 ou 50 anos, é sempre a idade a avançar e a servir como desculpa, o que não se deixa de fazer é a comer a carne quase que compulsivamente, a gastronomia é uma arte sim, para quem sabe comer, não para quem o faz compulsivamente, era a mesma coisa que o picasso despejar as tintas todas numa tela e chamá-lo de arte, gastronomia não é quantidade, é qualidade, e é disso que a tugalândia se esquece, comer bem não é enfardar tudo o que lhes aparece á frente e que é perigosamente saboroso, o que não é nada prazeroso é o resultado na balança e …

Aqui estou eu “covidada”. Para os implicantes de plantão, o texto não está corrigido, ide passear, são 2h da manhã

Foda-se, desculpem-me a linguagem, perdi dois dias de trabalho e esta merda nem foram férias, penso. Sim, foi isso mesmo que ouviram, estou covidada, e tem sido uma comédia de todo o tamanho. Primeiro aprendam comigo, se vivem com alguém que tem covid mais vale darem-se logo como positivas no primeiro dia de isolamento do vosso marido caso contrário pode ocorrer o infortúnio dos médicos depreenderem que só vos põe de baixa a meio do confinamento, conclusão? Andou por aqui a tótó a cumprir isolamento 4 dias para o teto, podia ter andado a espalhar covid já que o sns disse-me para ficar em isolamento mas a médica do público não soube fazer contas. Foda-se tenho a baixa nem me chateio mais, penso. Só para conseguir a baixa tive que ameaçar apresentar queixa contra o centro de saúde da minha zona, foi isso mesmo que ouviram, tive que recorrer á entidade reguladora de saúde para conseguir aceder a um médico, acho que a médica devia estar á espera que eu contasse para as estatísticas dos …

Almoço de Domingo

À duas semanas que consulto uma nutricionista e não percebo porque não o fiz antes, sentir-me bem é pouco para as mudanças que se instalaram em tão pouco tempo, mais leve, mais calma, mais consciente, mais saudável fundamentalmente. Não me custou nem um pouco começar a pesar os alimentos e ter uma lista de compras não feita por mim pela primeira vez, pelo contrário, essa responsabilidade agora é da minha nutricionista que faz com que cá em casa não hajam desperdícios, tudo o que compro nasce da terra e traz-me benefícios incríveis, para além de que nada se estraga e tudo se aproveita. Poupo dinheiro e tempo a fazer listas, demoro meia hora a fazer as compras e 5 minutos a preparar as minhas refeições, é tempo que se economizou e até agora uns quilos perdidos. Um dia destes tem que se destruir aquele mito de que “ah uma nutricionista é uma perda de tempo e não precisamos de saber o que comer”, leio artigos de nutrição há anos e eu própria falhava em algumas coisas, …

Pesar os alimentos

Não me armando em nutricionista mas sim contente pelo que vou aprendendo sobre o meu corpo, o último aprendizado foi da importância que tem pesar os alimentos antes de comer e a proporcionalidade entre a quantidade de proteína, de hidratos e hortícolas no meu prato. Em uma semana consegui resultados que não consegui em um mês a ir ao ginásio umas 5 vezes por semana, incrível quando dizem que os nossos resultados dependem 20% do nosso treino e 80% da nossa alimentação!Incrível porque quando digo que consulto uma nutricionista a maioria das pessoas diz que é um desperdício de dinheiro, eu não acho nada, acho até que quando consegui os melhores resultados de performance desportiva e estéticos foi quando tinha as consultas rotineiras de uma nutricionista desportiva que me guiou na melhor forma de me alimentar e suplementar consoante o meu metabolismo, treino e rotinas diárias! Nós podemos pensar que sabemos comer mas não sabemos, precisamos de exames, de saber como está a funcionar o nosso corpo, de ouvir o que diz a nossa balança …