Diário
Deixe um Comentário

Nem todos somos felizes com o mesmo

E este tópico, só de o introduzir aqui já enerva-me, já perceberam que quase tudo na vida tem relação com o facto de termos que respeitar as diferenças entre cada um de nós? E os problemas surgem quando essas diferenças não são aceites, compreendidas e pior de tudo, respeitadas, porque uma coisa é não entendermos agora o respeito pelas decisões dos outros é primordial, até porque a vida dos outros aos outros pertence.

Dito isto eu tenho cá para mim os meus sonhos, sonhos meus, diferentes, só meus, nem todos o partilham, mas tive a sorte de surgir alguém na minha vida que os quer tanto como eu e de vibrar tanto como eu sempre que esses sonhos se tornam um pouco mais possíveis de ser reais. Objectivos de vida diferem, mas será que todos os temos? Será que todos temos esta motivação que nos faz levantar da cama todos os dias? Não será um pouco triste não ter sonhos e não ter projectos?

Eu vivo de objectivos, não conseguiria trabalhar esta semana inteira se não fosse com um propósito, esse propósito só ficarão a saber em Maio do ano que vem, mas agora é tempo de arregaçar mangas e lutar para ser feliz, é o que estou a fazer com todas as minhas forças. E é isso que faz os meus olhos brilharem, o meu coração bater mais depressa e sorrir, e são sonhos reais, sonhos onde preciso de trabalhar apenas, é só isso, e terei concretizado um deles antes de fazer 34 anos para o ano que vem, e um outro, um outro em Janeiro de 2023, este é o nivel de planeamento da minha vida, e isto significa também que posso fechar o ano de 2021 com muitos sonhos realizados.

Á uns tempos questionaram as minhas motivações, os meus sonhos “estúpidos”, chegaram até a pôr em cheque o que conquistei até hoje e percebi que é esse o tamanho da minha felicidade, tão grande que infelizmente alguns pensam que os meus sonhos fazem sombra ás suas vidas vazias e sem aspirações, tão grande que incomoda, causa urticária e desperta sentimentos menos felizes. Á uns anos diria: sê feliz ao pior dos meus inimigos, hoje em dia já não tenho medo, e sim, eu tenho essa capacidade, a de fazer inimigos só sendo feliz, sem fazer mais porra nenhuma, de repente atingi alguém com a minha felicidade, talvez o tenha relembrado o quão miserável se sente, a diferença é de todas as vezes em que me senti miserável, eu tentei crescer e ser feliz sem culpar ninguém pela vida que eu tinha, mas só para terminar hoje em dia eu digo: fod*-se, e sigo caminho com um sorriso, fod*-se porque a minha felicidade muitos querem, mas as minhas lutas ninguém é capaz de travar, fod*a-se porque eu penso fora da caixa e os que não têm essa coragem culpam-me por viverem fechados numa caixa, fod*a-se porque a vida são dois dias e as pessoas são incrívelmente hipócritas, são aquelas pessoas que chorariam no meu funeral dizendo o quão maravilhosa eu era quando em vida tudo o que tentaram foi fazer com que me sentisse mal, se essas pessoas me conhecessem saberiam que tudo o que eu quero um dia que eu vá é ir de coração cheio, com a sensação de dever cumprido, histórias lindas no peito e que as pessoas que realmente me amam façam uma grande festa para celebrar a vida que tive em mim tanto tempo, porque eu sou aquela pessoa que vê o lado bom de tudo na vida, e até o fim de tudo significa que isso algum dia aconteceu, que a vida existiu em mim, e se ela existiu que tenha existido com toda a força e verdade, com todo o amor e vontade.

This entry was posted in: Diário

por

Simples, sonhadora, trabalhadora, feliz, prática, cética, agnóstica, livre, pensadora, escritora, politicamente incorrecta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s